16 de out de 2010




Programa de combate à fome brasileiro é exemplo

Com o tema “Unidos Contra a Fome”, é celebrado hoje o Dia Mundial da Alimentação, criado pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e a Agricultura.
O objetivo é chamar atenção para o fato de que, segundo estimativas recentes, cerca de 1 bilhão de pessoas ainda passam fome em todo o mundo.

Apesar disso, últimos dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) revelam que que o Brail está cada vez mais próximo de dar fim ao problema. O Nordeste do País teve uma redução de mais de três vezes nos índices de desnutrição em crianças de cinco a nove anos.

A coordenadora-geral da Política de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Ana Beatriz Vasconcelos, ressalta que o sucesso brasileiro se deve, principalmente, ao programa interministerial de combate à fome.

"O Brasil hoje tem um índice de desnutrição que se reduziu bastante. Nós temos um déficit de peso para a idade em crianças menores de cinco anos em torno de 1.6%. No caso da saúde, todas as ações desempenhadas pela atenção básica da saúde, pelas equipes de Saúde da Família elas foram potencializadas. Os resultados que o Brasil conseguiu aferir nos últimos anos decorre desse conjunto de ações que foram potencializadas."

Segundo Ana Beatriz Vasconcelos, a estratégia de combate à fome no Brasil e a divulgação da importância da alimentação saudável ganharam força nos últimos anos. Além de uma forte divulgação para estados e municípios, ainda existe uma grande mobilização das equipes de Saúde da Família e trabalhadores da área.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Template Free por Cantinho do Blog.Quer um template personalizado para o seu blog? Clique Aqui »